Eles são sinônimo de amor quando o assunto é o tema das músicas que cantam há mais de 30 anos. Não é à toa, que Zezé Di Camargo e Luciano conseguem arrebatar multidões, e se reinventar mesmo sem precisar fazer grandes esforços para isso, nem mesmo lançamentos recentes. Na sexta-feira (8), os irmãos trouxeram um novo show a Curitiba, e provaram que o amor nunca sairá de moda. Veja a entrevista completa abaixo.

zeze-di-camargo-e-luciano-show-novos-tempos-curitiba-foto-lucas-sarzi (20)
Foto: Lucas Sarzi/Banda B.

O show, no Teatro Positivo, teve ingressos esgotados e encheu de emoção e nostalgia um dos maiores espaços de Curitiba. Na bagagem, Zezé Di Camargo e Luciano trouxeram à capital do Paraná um dos primeiros shows da turnê Novos Tempos, que faz jus ao momento atual da dupla: mais leve.

Os irmãos conversaram com a Banda B em momentos separados, mas a sintonia pareceu perfeita. Ambos comentaram sobre a fase atual, e demonstraram estar mais unidos do que nunca.  

“Eu sempre digo que “Novos Tempos” toda hora acontece na vida da gente. O amanhã a Deus pertence, então amanhã é um novo tempo, depois de amanhã também. Então é mais uma expressão. A oportunidade de ser feliz é agora. É dizer para as pessoas que o momento, a hora, é agora. Eu quero flores em vida, não quero flores depois que eu não estiver mais aqui”

disse Zezé Di Camargo.

Por um problema técnico, a entrevista de Luciano acabou se perdendo, mas quando questionado sobre a leveza do atual momento, Zezé foi enfático em dizer algo parecido com o irmão: eles nunca estiveram distantes um do outro, ainda que cada um tenha atualmente seus projetos solo. 

“A gente nunca deixou de ser unido. Acho que quando você divide a agenda, eu to fazendo muito show, praticamente quase 50/50, se eu faço uma semana de Zezé Di Camargo e Luciano, e volto a fazer o Rústico, eu chego no Rústico com saudade. Se eu faço uma semana com o Rústico, eu chego no Zezé Di Camargo e Luciano com saudade”

comentou Zezé Di Camargo.

Durante a apresentação, os irmãos até brincaram com o fato de Curitiba ser marcada para eles por conta de uma briga que os dois protagonizaram em 2011.

“Curitiba é tenso pra gente, hein? Nós não fizemos mais show no Teatro Guaíra e mudamos para o Teatro Positivo por ser ‘positivo’, nunca mais brigamos”

brincou Zezé Di Camargo, no palco.
zeze-di-camargo-e-luciano-show-novos-tempos-curitiba-foto-lucas-sarzi (8)
Foto: Lucas Sarzi/Banda B.

Na conversa com a Banda B, o irmão de Luciano comentou que a estrada da vida, e também dos palcos, fez com que os dois aprendessem a lidar com todos os sentimentos. E a valorizar a saudade. 

“Acho que é isso: tem uma música que eu falo ‘preciso de um tempo’, que é bom sentir saudades, acho que essa emoção de ver o irmão, acaba transmitindo para as pessoas a saudade que a gente estava um do outro em cima do palco. Acaba chegando no coração das pessoas, que é a família, o irmão que briga, dá porrada, xinga, mas é o sangue, a gente pode brigar com o irmão, mas os outros não. Todos nós somos assim”

concluiu o irmão de Luciano.

Veja a entrevista completa com Zezé Di Camargo:

Mais leves, os irmãos também têm decidido quais shows fazem. Com isso, basicamente podemos dizer que a agenda agora está nas mãos da dupla, o que também ajuda na leveza. 

Se um dia vão parar? Zezé Di Camargo foi claro, e sem dúvida Luciano concorda.

“A gente só vai deixar de cantar para vocês o dia que Deus fechar os nossos olhinhos e levar a gente pra lá [pro céu], enquanto isso a gente vai continuar aqui, cantando, cantando e cantando pra vocês”

disse Zezé Di Camargo.
zeze-di-camargo-e-luciano-show-novos-tempos-curitiba-foto-lucas-sarzi (18)
Foto: Lucas Sarzi/Banda B.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Em estreia de nova turnê, Zezé Di Camargo e Luciano falam sobre dupla: ‘Nunca deixamos de ser unidos’; vídeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.