O cobrador de ônibus Renato Maquiavelli, de 58 anos, morreu neste domingo de complicações em decorrência da infecção pela covid-19. A morte dele gera intensa comoção nas redes sociais.

Renato era muito querido por colegas e passageiros (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Renato era um profissional querido pelo seu jeito simpático e atencioso com os passageiros de ônibus. O motorista Wagner da Silva, que fez por muito tempo a mesma linha que o cobrador, falou dele com carinho.

“Um dia pra mim que era uma data especial, aniversário da minha mãe, mas agora vou lembrar que perdi meu amigo, irmão e parceiro de Urbana. Te admiro muito. Ficarão na memória as brincadeiras, nosso café da manhã na panificadora, os pagodes de improviso no busão. Descanse em paz meu amigo”, postou na rede social Facebook.

Além do motorista, familiares lamentaram a perda do cobrador, que estava internado no Hospital Santa Casa, em Curitiba.