Após dois laudos negativos, a contraprova realizada após a morte de Bruno Borer confirmou a presença do novo coronavírus. De acordo com nota enviada pela Roca Brasil Cerámica/Incepa, o exame do diretor geral da empresa foi divulgado neste domingo e constou como positivo para a Covid-19.

Reprodução

“A Roca Brasil Cerámica tem por premissa a máxima transparência em suas informações. Por isso, vem por meio deste comunicado atualizar o laudo da morte de seu Managing Director, Bruno Borer, ocorrida no dia 08 de abril”, diz o comunicado da empresa.

Segundo a empresa, Borer participou de um evento na cidade de São Paulo, no início de março. Após o retorno para Curitiba, ele entrou em quarentena e começou a sentir mudanças em seu quadro de saúde, momento em que foi hospitalizado.

Morador de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, ele teve a morte confirmada também pela prefeitura da cidade.

Além dele, outros três funcionários da empresa tiveram a confirmação de Covid-19. Todos moradores de Curitiba, eles já foram liberados da quarentena e passam bem.

A Roca Brasil Cerámica informou que prestou assistência integral a Borer e sua família.