Estrela do R&B, Angela Bofill morreu nesta sexta-feira (14), aos 70 anos. O anúncio foi feito nas redes na cantora e a causa da morte não foi divulgada.

Segundo a postagem, Bofill morreu na casa de sua filha, na Califórnia (EUA). Entre os anos de 2006 e 2007 ela tinha passado por dois AVCs –o primeiro deixou seu lado esquerdo do corpo paralisado.

1718465494666db3d6dbd05_1718465494_3x2_md
Capa do álbum ‘Angie’, de Angela Bofill, cantora de R&B que morreu aos 70 anos – Reprodução

Filha de pais latinos e imigrantes nos EUA, Bofill nasceu em Nova York e foi uma das primeiras latino-americanas a atingir paradas de sucesso com o R&B. No final dos anos 70, ela ganhou notoriedade por canções como “I Try”, “Angel of the Night” e “This Time I’ll Be Sweeter”.

Entre os anos 80 e 2000 ela gravou cinco álbuns, dois pela Arista Records –gravadora que descobriu nomes como Whitney Houston– e três pela Capitol. No fim de sua carreira, fez participação como backing vocal em albuns como “Eternity”, de Norman Connors.

Em 2023, o nome de Angela Bofill foi incluído no hall da fama das compositoras femininas.

Bofill deixa o marido e uma filha e seu funeral acontecerá dia 28 de junho, na Califórnia.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Morre Angela Bofill, cantora de R&B e dona do clássico ‘I Try’, aos 70 anos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.