Beyoncé, 42, revelou em uma entrevista que vive uma bela jornada pessoal relacionada a seu cabelo e que sofre de uma condição chamada psoríase.

A estrela contou em uma entrevista sobre suas memórias cuidando da condição crônica quando criança. “Desde passar minha infância no salão da minha mãe, até meu pai aplicando óleo no couro cabeludo para tratar minha psoríase – esses momentos foram sagrados para mim”, revelou à revista Essence.

2342v
Imagem: Reprodução/Instagram

Esta é a primeira vez que a cantora fala sobre lidar com a doença. Psoríase é uma condição crônica na pele. De acordo com a Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, a doença é não contagiosa e caracterizada por manchas rosadas ou avermelhadas, recobertas por ‘escamas esbranquiçadas’.

A causa da psoríase é desconhecida, embora exista uma predisposição familiar, apesar de não ser obrigatoriamente transmitida aos descendentes. Na doença, as céulas da pele se acumulam, causando a descamação e coceira.

“Eu tenho lindas memórias relacionadas com meu cabelo. A relação que a gente com nosso cabelo é uma jornada pessoal profunda”, falou Beyoncé.

Ela também relatou sobre como a vivência em salões e barbearias fazem parte de um senso de comunidade. “As conversas e debates em salões e barbearias criam um sentido de comunidade para as pessoas que vivem isso como um retiro da vida cotidiana. Para elas, é um lugar para se sentirem bonitas e desabafarem, rirem, compartilharem segredos e dividirem sabedorias. É a reunião comunitária mais consistente que temos. É importante que seja um santuário”, falou Queen Bey.

A entrevista para a revista Essence, focada para o público afro-americano, acontece depois que a estrela anunciou sua nova linha de produtos capilares, chamada de Cécred. O título nasceu do final de seu nome “Cé” unido à palavra sagrado, em inglês, “sacred”.

“Do salão da minha mãe, dos rituais diários com o meu pai e dos anos de experiência no desenvolvimento de uma linha de cuidados para os cabelos, a jornada foi exatamente isso: Cécred.”

Ela também recordou da decisão de fazer um corte pixie em 2013, logo depois de dar à luz a sua primeira filha, Blue Ivy, 12. “Minha identidade como artista está muito ligada ao cabelo solto. Cortar era uma forma de me rebelar contra essa mulher que pensavam que eu deveria ser. Eu era mãe pela primeira vez e algo sobre a libertação de ser mãe me fez querer abandonar tudo isso”, finalizou a artista.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Beyoncé revela viver com doença crônica

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.