A garupa da motocicleta que morreu após se envolver em um acidente de trânsito, na noite deste domingo (2), em um cruzamento do bairro Hauer, em Curitiba (PR), foi identificada como Jackeline Ferreira dos Santos, de 38 anos.

A promotora de vendas deixa duas filhas, segundo apurou a Banda B. Amigos e familiares lamentaram a morte da mulher nas redes sociais. “Que Deus te conceda um bom lugar, prima. Dos poucos momentos em que estivemos juntas, todos foram de muita alegria. Lembrarei de você como uma mulher forte e guerreira sempre batalhando pelas suas filhas”, disse uma mulher que se identificou como prima de Jackeline.

garupa-que-morreu-em-acidente
A promotora de vendas Jackeline Ferreira dos Santos, de 38 anos – Foto: Reprodução/Redes sociais

“Descanse em paz, minha amiga… Que Deus te receba em sua infinita glória e conforte os corações de seus familiares e todos que irão guardar sua alegria e sorriso contagiante. Agradeço ao papai do céu o privilégio de conhecer você”, escreveu outro.

“É Jacque hoje eu entendo aquele abraço e beijo tão sincero que vc me deu e aquela última conversa, foi muito importante para mim”, disse outra.

O acidente

Jackeline ocupava a garupa de uma motocicleta que furou o sinal vermelho e foi atingida por um carro em um cruzamento do bairro Rebouças.

Imagens registradas por uma câmera de segurança mostram o momento em que a piloto da motocicleta avança o sinal vermelho e é atingida por um veículo Renault Sandero. A batida aconteceu no cruzamento das ruas Professor João Soares Barcelos e Coronel Antônio Ricardo dos Santos.

De acordo com o tenente Rehder, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPtran), a condutora da moto, de 38 anos, sofreu diversas fraturas pelo corpo e foi socorrida em estado grave ao hospital. A garupa, contudo, morreu na hora.

“Em princípio, a mulher que pilotava a moto acabou furando o sinal vermelho e, então, um cidadão acabou por colidir contra a motocicleta. A batida causou a morte da jovem que estava na garupa da motocicleta”, disse.

O motorista envolvido no acidente estava a caminho de casa e transportava amigos.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Garupa que morreu em acidente após motociclista furar sinal vermelho era promotora de vendas e deixa duas filhas

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.