Aconteceu de novo. Mesmo com uma passarela a 250 metros, um pedestre, que aparenta ter 30 anos, morreu atropelado por um carro na BR-376, em Tijucas do Sul, região metropolitana de Curitiba, por volta das 22h desta segunda-feira (8). É o segundo caso em pouco mais de 24 horas no mesmo trecho da rodovia.

(Foto: Reprodução)

No domingo de madrugada, um homem de 29 anos morreu ao ser atropelado por um caminhão na pista sentido Curitiba, do lado da passarela. Ontem à noite, o caso aconteceu na pista sentido Santa Catarina, também próximo ao espaço para a travessia de pedestres.

Segundo a agente Mariana, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista atropelador ficou para prestar socorro. “O condutor estava sozinho, parou para prestar socorro e fez o bafômetro, que não apontou ingestão de álcool”, explicou.

A agente lamentou mais um caso que poderia ter sido evitado. “Foi novamente do lado da passarela. Além disso, havia muito nevoeiro no momento do atropelamento, o que é um agravante ainda maior”, detalhou.

O corpo da vítima, sem identificação oficial, foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba.