O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está analisando, nesta quarta-feira (17), as condições da BR-277, na altura da Serra da Esperança, em Guarapuava, na região Central do Paraná, após deslizamentos de rochas no local. O incidente aconteceu na noite desta terça-feira (16) e, por isso, a rodovia foi bloqueada.

serra da esperança
Foto: Divulgação PRF

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 11h de hoje teve início a liberação parcial da via com apoio de equipes do Departamentos de Estradas de Rodagem (DER). Foram liberadas duas pistas, sendo uma em cada sentido.

“A rodovia não estará totalmente liberada, pois a equipe ainda aguarda o geólogo responsável do DNIT para avaliar a situação das rochas e possíveis deslizamentos”, informou a PRF.

Os motoristas que preferem desviar o trecho podem seguir pela PR-364 entre Irati e Inácio Martins, como rota alternativa. A partir do pedágio de São Luiz do Purunã, em Balsa Nova, pra quem segue sentido Guarapuava, e do pedágio de Imbituva, para quem vem no sentido Curitiba, há avisos luminosos que informam a rota alternativa.

A PRF destacou que está no local sinalizando com cones e viaturas.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

DNIT avalia condições da Serra da Esperança na BR-277 após deslizamento; trânsito está parcialmente bloqueado

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.