Três suspeitos envolvidos na produção de doces com maconha foram presos, nesta sexta-feira (31), em uma residência no bairro Santa Cândida, em Curitiba. Além dos doces, a polícia encontrou alguns pés de maconha no local.

“High Dreams CWB”: a ‘fábrica de doces’ tinha até logotipo e oferecia um cardápio com opções de doces como “brisadeiros” e brownies com a substância ilícita.

1717176183582889
À esquerda, imagem do filme “A Fantástica Fábrica de Chocolate“, de 1971; à direita, doces apreendidos no Santa Cândida (Foto: Reprodução – Marcelo Borges/Banda B)

De acordo com o policial Ferraz, da Polícia Militar (PM), as equipes de segurança faziam um patrulhamento pelo bairro, mais especificamente em uma região conhecida como ‘Cidade de Deus’, quando foi abordada por uma pessoa que denunciou a residência com uma plantação de maconha.

“A equipe se deslocou até o endereço e conseguiu ver a planta de maconha. Na frente da casa vimos um suspeito, que assim que viu a polícia correu para dentro do imóvel. A equipe entrou na casa, realizou a prisão do suspeito e ainda encontrou outras duas pessoas, a confeiteira dos doces e o marido dela”, relatou o PM.

Em buscas pela casa. os policiais encontraram uma espécie de “laboratório” onde estavam algumas luminárias, uma balança de precisão, uma maquininha de cartão, pés de maconha já colhidos e os vários doces com a droga.

Ainda de acordo com a polícia, a mulher detida se defendeu dizendo que os doces não têm maconha, apenas o gosto e cheiro. Os suspeitos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Central de Flagrantes.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

‘Willy Wonka’ do tráfico: polícia descobre ‘fábrica de doces’ com maconha no Santa Cândida; três foram presos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.