(Imagem ilustrativa/Arquivo PMPR)

 

Uma jovem de 24 anos foi presa nesta sexta-feira (18) suspeita de ter matado o próprio tio com uma arma de fogo. O caso foi registrado em Mandaguari, a 51 quilômetros de Maringá, no Norte do Paraná. A irmã dela, 32, também foi detida por ter auxiliado no crime. O motivo, de acordo com a Polícia Civil, estaria ligado a um desentendimento por causa de uma herança.

Segundo informações de testemunhas, a mulher foi até a casa do tio, Honório Watanabe, de 57 anos, o chamou no portão e atirou contra ele, que foi atingido por três disparos.

Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Na sequência, a autora fugiu, mas logo em seguida foi localizada e presa junto com a irmã, que foi detida porque teria dado carona para a atiradora.

Para ler a matéria completa, clique aqui.