Foi identificada, na tarde desta sexta-feira (15), a vítima que morreu após levar vários tiros nas proximidades do Terminal do Sítio Cercado, em Curitiba. O músico Fabio do Amaral Calegari tinha 40 anos, tocava em uma banda de rock e era professor de uma escola estadual da região. Chama a atenção o fato dele ser irmão de Eduardo Calegari, guitarrista da banda Motorocker que morreu vítima da Covid-19 em fevereiro de 2021, no pico da pandemia no Paraná.

image-13-25
Reprodução

Nas redes sociais, familiares e amigos prestam homenagens e lamentam a morte de Fabio.

O Colégio Estadual Hasdrubal Bellegard, por exemplo, cita que o professor estava integrado ao corpo docente do Curso Técnico em Administração.

“Apesar do breve tempo conosco, o professor Fábio já havia começado a deixar sua marca através do entusiasmo e dedicação com que abraçava a educação e o desenvolvimento de seus alunos. Sua partida prematura é uma grande perda para nossa comunidade escolar”, destaca.

Fabio era guitarrista da banda Last Renegades, que também lamentou o assassinato nas redes sociais.

“Com muita dor no coração que comunicamos o falecimento do nosso guitarrista Fábio Calegari”, postou a banda.

Investigações

A morte de Fabio aconteceu no início da manhã, na Rua Izaac Ferreira da Cruz.

À Banda B, o delegado Ivo Viana informou que a polícia ainda não sabe o que pode ter motivado o crime.

“A vítima estava trafegando pela Rua Rancho Alegre, quando acabou interceptada pelo outro veículo. Esse segundo automóvel emparelha e realiza os disparos. Acreditamos que pelo menos duas pessoas estejam envolvidas no crime: o motorista e o atirador”, comentou.

A DHPP investiga o caso.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Professor e irmão de guitarrista do Motorocker: saiba quem é a vítima que morreu após atentado em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.