A policial militar Marcella Christiane Rosa, de 35 anos, foi identificada como a vítima morta a tiros pelo namorado em Cândido de Abreu, no Norte do Paraná. Ela estava na corporação desde novembro de 2012 e, atualmente, estava lotada no Hospital da PM, em Curitiba.

marcella-chris
Reprodução Redes Sociais

“O Comandante-Geral da PMPR expressa suas condolências aos familiares e amigos da soldado Marcella Christiane Rosa. Consternados pela incomensurável perda, os militares estaduais prestam sua continência à memória da soldado”, diz nota enviada à imprensa.

De acordo com a PM, a equipe que foi até o local se deparou com três pessoas mortas, sendo Marcella vítima de dois disparos de arma de fogo e o namorado com um disparo e portando a arma da corporação.

“E do lado externo da residência, foi localizado o corpo da sogra da policial militar sem marcas de violência, possivelmente, vítima de um mal súbito”, concluiu.

Segundo as informações apuradas no local, o rapaz de 27 anos teria tirado a própria vida após matar Marcella.

A Polícia Científica já realiza todo o trabalho de perícia no local e a Delegacia de Cândido de Abreu vai investigar o caso.

Amigos lamentam

Nas redes sociais, amigos lamentam a morte da soldado Marcella.

“Enfermagem de luto! Meus sentimentos aos amigos e familiares. Hoje a notícia da sua morte todos que te conhecem com o coração apertado. Que Deus te receba de braços abertos. Você sempre foi uma mulher esforçada, trabalhadora. Saudades eternas minha amiga e ex-aluna. Uma técnica de enfermagem, enfermeira e policial exemplar”, destacou uma amiga.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

PM morta pelo namorado era enfermeira no hospital da corporação; amigos lamentam

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.