O passageiro que ameaçou atirar contra um motorista do transporte coletivo e tentou tombar um biarticulado, no início da noite desta sexta-feira (26), perto do Terminal do Carmo, em Curitiba, justificou a ação após chegar na delegacia. A fala dita à Banda B, porém, não evitou a prisão dele em flagrante. Ninguém ficou ferido nesta ocorrência que aconteceu na zona sul da capital.

ônibus biarticulado Curitiba
Passageiro cita ‘contas atrasadas’ e ‘dia ruim’ após tocar terror em biarticulado e quase provocar tragédia em Curitiba. Momento em que ele chega preso à Central de Flagrantes. Foto: Colaboração/Banda B

Ao repórter Cristiano Vaz, o homem foi franco.

O pagamento do trabalho atrasou. Eu fiquei estressado por conta disso, não foi porque eu quis. Não foi surto, só foi o estresse. É triste, complicado. Nunca fiz isso. (…) Nunca roubei nada. É só por conta do trabalho, por ter que pagar o aluguel, as contas. Está tudo dando errado. É complicado. (…) Não quero ficar preso, eu trabalho a semana toda para pagar as minhas contas, o aluguel da minha casa. Não estava me sentindo muito bem.

relato do passageiro, que provocou o caos em um biarticulado, feito à Banda B.

Inicialmente, a Banda B apurou que o passageiro disse à Guarda Municipal (GM) que estava em um ‘dia de fúria’. Em entrevista, o supervisor da GM Lomos Sousa comentou a ação e a justificativa do rapaz. Foi necessário uso de força para contê-lo.

É um rapaz novo, forte. Infelizmente, teve um dia difícil, segundo ele, mas colocou 200 passageiros em risco. O motorista relatou que o homem puxou várias vezes o volante e, quando chegou no terminal, pediram o auxílio. O [guarda] Agenor conseguiu segurá-lo até a chegada de outros guardas.

Lomos Sousa, supervisor da GM.

O homem teria ficado transtornado ao perceber que havia pegado o ônibus errado, segundo Sousa.

Ele relatou que tem vários problemas. O intuito dele era tombar o ônibus. Assusta, apavora. Havia pessoas idosas, pessoas com crianças e o ônibus estava lotado.

Lomos Sousa, supervisor da GM.

O passageiro permanece detido à disposição da Justiça.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Passageiro cita ‘contas atrasadas’ e ‘dia ruim’ para justificar terror em biarticulado e quase tragédia

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.