Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

No Dia dos Pais, um homem perdeu o terceiro filho assassinado no começo da madrugada deste domingo (9). Dentro de um bar da Rodovia do Caqui, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana, um jovem de 27 anos foi assassinado com pelo menos 20 tiros. Segundo a polícia, ele estava em uma festa com os amigos, quando dois homens em um Gol branco realizaram os disparos.

Vítima morreu na hora.Vítima morreu na hora (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

No local, o pai disse que já esperava encontrar o filho morto, pois ele possuía envolvimento com roubo e homicídio.

A Delegacia de Campina Grande do Sul investiga o caso e a primeira hipótese levantada é a de vingança.

Rixa com o irmão

Um homem de 49 anos foi assassinado a tiros no na Rua Subtenente José Makahim, na Cidade Industrial de Curitiba. De acordo com a polícia, ele deixava a casa de bicicleta quando um carro passou e realizou os disparos.

Num primeiro momento, a Polícia Civil trabalha com duas linhas de investigação, já que a vítima possuía uma rixa com o irmão e eles já haviam trocado vários boletins de ocorrência, um contra o outro, por ameaça.

A outra possibilidade é o envolvimento da vítima com as drogas. A única pista do atirador é um carro preto.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Vila das Torres

Samu chegou a ser chamado, mas vítima não resistiu (Foto: Danaê Bubalo - Banda B)Samu chegou a ser chamado, mas vítima não resistiu (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

Já pela manhã, Sidney Domingues Cardoso, de 43 anos, foi encontrado morto dentro do próprio quarto, na Vila das Torres, em Curitiba. Segundo o irmão da vítima, Cardoso era alcoólatra e já vinha reclamando de dor de barriga há três dias.

O Samu chegou a ser chamado, mas a vítima não resistiu. Ainda segundo o relato do irmão, ele chegava a tomar café com álcool de cozinha para sustentar o vício.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal.