Policiais auxiliaram no socorro (Foto: Colaboração)

 

Colaboração

A dona de uma pensão de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, sofreu uma parada cardíaca após tentar ajudar uma inquilina que estava sendo agredida pelo namorado. De acordo com a Polícia Militar, a própria namorada do agressor chamou o 190 no começo da noite desta segunda-feira (25) e pediu ajuda, uma vez que ele agia com muita violência.

Segundo o soldado André Freitas, do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), a vítima chegou a ficar sem pulso cardíaco após passar mal e os policiais realizaram um trabalho de reanimação. “Ela deu sinais de convulsão e ficou sem batimentos cardíacos, realizamos então o trabalho de reanimação e percebemos que ela voltou à vida”, explicou.

Como os policiais concentraram esforços em reanimar a vítima na Vila Suzi, o suspeito conseguiu fugir de moto por um matagal. A vítima foi encaminhada com urgência para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Piraquara.

A namorada do suspeito contou que também foi agredida no local. Ela foi encaminhada para a Polícia Civil, onde deve prestar depoimento.

A Delegacia de Piraquara investiga o caso.