Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri

Cinco jovens em um Honda Civic que atiraram contra dois adolescentes foram perseguidos pela Polícia Militar (PM) na noite desta terça-feira (14), em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Houve confronto e dois dos suspeitos foram baleados e morreram; outros dois foram socorridos e um quinto, que usava tornozeleira eletrônica, foi preso em flagrante. Os dois adolescentes feridos pelos suspeitos procuraram ajuda na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da região.

A tentativa de homicídio contra os adolescentes aconteceu no bairro São Marcos, por volta das 21 horas. “Quando a equipe estava indo para o local encontrou o Honda Civic, suspeito do crime, e houve um confronto lá no São Marcos. Os elementos fizeram disparos contra a viatura e a gente começou a fazer um cerco para pegar esse veículo. Eles fugiram, entraram em rodovias, pararam aqui na Borda do Campo e desceram atirando contra os policiais. No fim, três deles foram baleados e dois morreram”, descreveu o tenente Conrado, do 17º Batalhão da Polícia Militar.

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas dois morreram na hora. Os feridos foram socorridos a unidades hospitalares e um deles foi preso em flagrante, usando tornozeleira eletrônica envolta em papel alumínio para tentar inibir o sinal de monitoramento. “Um deles estava com um colete balístico da Guarda Municipal de Araucária”, completou o tenente Conrado.

Durante a perseguição, a motorista de outro veículo que trafegava pela BR-277, sentido praia, foi surpreendida pelos tiros e colidiu contra uma das viaturas da PM. Ela parou no guard rail da rodovia, mas não se feriu.

A PM confirmou que os cinco envolvidos na troca de tiros teriam efetuado disparos contra os adolescentes, que passam bem. O veículo do grupo de criminosos estava com a placa clonada. Com eles, a polícia apreendeu uma pistola 380 e as duas armas calibre 12, que foram encaminhadas a Delegacia Regional de São José dos Pinhais.