Uma revista geral na Cadeia Pública de Guarapuava, na última segunda-feira (05), resultou na apreensão de 40 celulares, 57 estoques (facas de fabricação artesanal) e 205 gramas de maconha. Além disso, foram apreendidas 15 baterias de celular, 23 carregadores e uma corda improvisada com retalhos.

A ação, batizada de ‘Lobo Bravio 02’ – referência à cidade – ocorreu em conjunto com os agentes penitenciários da unidade, agentes de cadeia pública e equipes do SOE – Setor de Operações Especiais. “Os trabalhos foram desencadeados após os servidores perceberem o arremesso de ‘kits cadeia’ para dentro do pátio de solário da unidade”, explica o coordenador regional do Depen, Marcos Andrade.

Ao todo, 378 presos e 51 presas, foram movimentados para que a revista estrutural da unidade pudesse ser realizada. “Todo material apreendido foi encaminhado à Polícia Civil para a realização do registro da ocorrência e os celulares foram identificados e encaminhados ao Setor de Inteligência do Depen”, finaliza Andrade.

Ação em Ponta Grossa

Já nos Campos Gerais, equipes do Depen realizaram uma inspeção da estrutura na Penitenciária Estadual de Ponta Grossa. O objetivo foi avaliar as condições das celas e buscar ilícitos, em posse dos custodiados da unidade.

A ação foi realizada por agentes penitenciários do Depen-PR. Ao final dos trabalhos, nenhuma alteração foi encontrada.

Mais de 100 celulares na semana

Com os trabalhos e apreensões de Guarapuava, o Depen já soma mais de 100 celulares apreendidos, somente nesta semana. Nesta segunda-feira (05), durante os trabalhos da “Operação Bestellen”, 61 aparelhos celulares foram encontrados na Colônia Penal Agroindustrial, em Curitiba.