Filho e neto de prefeitos de Campo Largo, Christiano Puppi quer representar a terceira geração da família no município da Região Metropolitana, em outubro. Puppi é pré-candidato pelo Progressistas e, em entrevista ao Programa Luiz Carlos Martins, nesta terça-feira (18), falou do orgulho que tem de levar o nome da família como opção ao eleitor da cidade. O pai de Christiano, Marcelo Puppi foi prefeito e o avô, Newton Puppi ocupou o cargo por três vezes. Christiano perdeu o pai em janeiro de 2021, vítima da Covid-19 e, na entrevista, relembrou o que ele lhe disse no ano em que foi reeleito prefeito, mas não chegou a assumir o cargo.

image-3-3
Christiano Puppi concedeu entrevista ao Programa Luiz Carlos Martins

“Eu tive uma conversa com ele por telefone. Meu pai disse assim: entenda uma coisa meu filho, eu nasci pra ter um sonho e meu sonho é lutar pela minha terra sagrada, lutar pela minha cidade. E, quando eu perdi o meu pai, acabei entendendo essa paixão ao ler, estudar e perceber que o que importa na nossa vida, não são só os nossos frutos, mas é também as nossas raízes, porque se as nossas raízes não estão boa, não vamos a lugar nenhum. Entendi e também luto por Campo Largo”, afirmou o pré-candidato.

Em 2022, Puppi foi o candidato a deputado estadual mais votado na cidade, somando o total de 22.988 votos, sendo 17.273 de eleitores de Campo Largo, que é o 14º maior município do Paraná, com 136,3 mil habitantes, de acordo com censo do IBGE. Puppi disse a Luiz Carlos Martins que colocou seu nome à disposição do PP para disputar a prefeitura e tem planos, começando pela saúde.

‘É difícil Luiz. A UPA de Campo Largo foi reformada em 2018, com o então ministro Ricardo Barros que, junto com meu pai na prefeitura, conseguiu uma emenda para a reforma. Atendeu muito bem na Covid porque era um centro de pronto atendimento e você tinha médico lá. Hoje, o Centro Médico está fechado, a UPA está sobrecarregada justamente porque fecharam o Centro Médico. Ninguém sabe o que que vai acontecer lá e está criando o mato, isso não pode continuar. É preciso que Campo Largo volte a ser mais humana”, disse durante a entrevista.

Puppi também falou para o radialista Luiz Carlos Martins sobre o problema do transporte público, principalmente para quem precisa sair de Campo Largo para Curitiba.

christiano-puppi
Foto: Banda B

“Precisamos de obras estruturantes. As próximas obras virão neste novo anel de integração dentro deste contrato de pedágio. Hoje não está fácil Luiz. A gente passa quase uma hora na estrada pra vir pra Curitiba e para quem depende de ônibus é ainda pior, quase uma hora e meia ou mais (…) Veja Araucária, por exemplo, lá a rodovia vai ser duplicada e isso é muito bom. Mas se a gente não colocar nosso Parque Industrial funcionando, com uma passagem acessível e não pensar de uma forma inteligente todos esses pontos a coisa não vai dar certo. Você sabe quanto que um morador de Campo Largo gasta por dia pra trabalhar em Curitiba? Ele gasta 24 reais. Isso porque ele precisa pagar para ir para o terminal, sair do terminal, pegar o ligeirinho pra vir pra Curitiba. E depois voltar. Não tem integração’, concluiu.

O nome de Christiano Puppi será levado para a convenção do PP, que vai ocorrer a partir de 20 de julho. Só depois, com o registro das candidaturas, será definida a chapa para a disputa das prefeituras e Câmaras em todo o país.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Pré-candidato, Christiano Puppi diz a Luiz Carlos Martins que tem planos para Campo Largo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.