Em Minas Gerais, a vereadora Lunna da Silva (PSB) foi vítima de transfobia cometida pelo presidente da Câmara Municipal de Pompéu, Normando José Duarte (PSD), no último dia 23 de fevereiro. Se recusando a reconhecer a identidade de gênero de Lunna, Normando insistiu em chamá-la de “senhor” e “ele” diversas vezes.

Reprodução/YouTube Câmara Municipal de Pompéu

Durante votação do projeto de reajuste salarial dos servidores, Lunna foi interrompida diversas vezes pelo parlamentar, que se referia a ela com pronomes masculinos.

“Estamos tratando de um projeto e o senhor vem com outro”, disse Normando. Por diversas vezes, Lunna corrigiu o parlamentar. “Senhora. Primeiramente me trate como tal. Sou uma mulher e mereço respeito desta casa principalmente”, exigiu.

Para assistir o vídeo do Portal Metrópoles, clique aqui.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Vídeo: vereadora trans é chamada de “senhor” por presidente de Câmara

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.