Morreu nesta sexta-feira (7) o vice-presidente de negócios de atacado do Banco do Brasil, Walter Malieni Junior.
O executivo tinha 50 anos. Entrou no Banco do Brasil aos 15 e, em 35 anos de carreira, passou por diversas áreas da instituição. A morte foi causada por um súbito problema cardíaco.

Em nota, o banco manifestou tristeza e afirmou que o executivo era “reconhecido pela sua enorme competência técnica e pela maneira sempre educada e atenciosa com que se dirigia a todos”. Walter estava no posto de vice-presidente de atacado desde o final de 2019, após ter ocupado o cargo em gestões anteriores. A morte do executivo ocorre em um momento de transição do Banco do Brasil.

Rubem Novaes, atual presidente do banco, renunciou ao cargo no fim de julho. Seu sucessor deve ser André Brandão, ex-presidente do HSBC.