Quatro militares contraíram o novo coronavírus durante um treinamento na selva, informaram o Comando Militar da Amazônia (CMA) e a Secretaria de Saúde do Amazonas nesta segunda-feira (30).

(Foto: EBC)

 

Em nota, o CMA afirmou que o contágio ocorreu entre militares do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), baseado em Manaus. Os testes foram feitos após alguns homens apresentarem sintomas leves do novo coronavírus. Eles foram isolados, e o treinamento, suspenso.

O CMA não revelou o número de infectados -a informação foi fornecida pela Secretaria de Saúde.

O Amazonas é o estado do Norte com o maior número de infectados, contabilizando 151 casos e uma morte. Há 11 pacientes internados em UTI. Manaus concentra a maioria dos registros, mas o vírus já chegou a outros seis municípios.