Cristiane durante entrevista ao Fantástico – reprodução

O empresário e ex-diplomata Sergio Schiller Thompson-Flores, suspeito de agredir a mulher, Cristiane Machado, se entregou na tarde de domingo (25/11) na 28ª DP (Campinho), no Rio. A prisão foi confirmada pela delegada do caso, Débora Rodrigues. As informações são do G1.

Segundo a reportagem, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou em nota que Thompson-Flores entrou no sistema prisional do estado na noite do domingo.

Após denunciar os casos de agressões, a atriz teria voltado a se sentir ameaçada pelo ex-marido, o diplomata Sergio Schiller Thompson-Flores. Em entrevista ao Fantástico neste domingo, a vítima disse que ele ligou várias vezes para o caseiro da residência onde está Cristiane para obter informações sobre a rotina dela.

O caso ganhou repercussão após a atriz Cristiane Machado ter gravado algumas das agressões que sofreu do marido. Ela instalou câmeras em casa que registraram, em 31 de agosto, tapas e tentativas de enforcamento. O caso também foi relevado pelo programa da TV Globo.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que Thompson-Flores entrou no sistema prisional do estado na noite do domingo. Ele foi encaminhado ao presídio de Benfica, conforme apurou a TV Globo. “Mais informações não serão divulgadas por questões de segurança”, disse a pasta.

O advogado de Sergio disse ao G1 que ainda não sabe por quais crimes o cliente vai responder porque não teve acesso a denúncia.

Com medo de ser morta, denunciou o marido à polícia. Em 31 de outubro, Thompson-Flores teve a prisão preventiva decretada, porque teria descumprido uma medida protetiva. Ele era considerado foragido.