Depoimento de adolescente afirma que um dos parentes se utilizava de brinquedos para atraí-la e praticar atos libidinosos Foto: Reprodução/Twitter

Cinco pessoas foram presas preventivamente na manhã desta sexta-feira no Crato, cidade na região do Cariri, Ceará, acusadas de estuprar sua sobrinha de 17 anos desde quando ela era uma criança.

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos contra seis homens — cinco irmãos do pai da jovem, um irmão do avô dela —, mas um deles conseguiu fugir e está foragido.

Os crimes teriam começado a ser praticados pelos tios, que moram em casas próximas, na zona rural da cidade, após a morte do pai da adolescente, quando ela tinha 7 anos. À delegada, ela afirmou ter tentado o suicídio ao longo dos anos.

Para ler a matéria completa no Extra, clique aqui.