Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas, disse ontem que autorizou policiais e militares do país a disparar contra as pessoas que não respeitarem as medidas impostas pelo governo para evitar a disseminação do coronavírus.

(Foto: Divulgação)

 

Durante o discurso feito em transmissão ao vivo, Duterte ainda reforçou a “seriedade” da pandemia que, até o momento, já deixou 2.311 casos oficiais e 96 mortes no país.

“Está ficando cada vez pior. Por isso, eu aviso vocês para a seriedade do problema e vocês devem ouvir. Não hesitarei. As minhas ordens para a polícia e para os militares são que, se houver problemas e se houver uma ocasião em que tenham de ripostar e as suas vidas estejam em perigo, os matem a tiros. Você entendeu? Mortos ao invés de causar problemas. Vou enterrar vocês”, declarou o presidente.

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.