Da Redação com Polícia Civil

Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante, na manhã de terça-feira (7), em Cascavel, no oeste. Ele estava em uma empresa aérea, no Centro do município, tentando despachar 20 quilos de crack escondidos dentro de caixa de ar-condicionado.

Foto: Divulgação Polícia Civil

Através de uma denúncia anônima, em que dizia que um homem estava despachando mercadorias suspeitas para o estado do Rio de Janeiro, policiais civis se deslocaram até o local para apurar a denúncia.

Ao chegarem ao estabelecimento, encontraram o suspeito que imediatamente apresentou notas fiscais de produtos que não condizia com o apresentado. Além disso, o peso da mercadoria não condizia com a trazida na embalagem do produto.

O delegado responsável pelo caso, Adriano Chohfi, conta que o valor dos aparelhos de ares-condicionados estavam faturados em R$ 800 cada um, mas que os mesmos custam mais de R$ 1,5 mil nas lojas. “Além da nota não correspoder ao valor real do produto, um frete comum de ar-condicionado para o Rio de Janeiro custa em torno de R$ 40, e o suspeito estava pagando pelo envio R$ 800,” ressalta Chohfi.

Ao abrir a mercadoria, os policiais localizaram onze tabletes de crack escondidos dentro dos acondicionadores de ar. O homem foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado para a 15ª SDP. Após pesagem, a droga totalizou cerca de 20 quilos, com valor de venda de aproximadamente R$ 600 mil.

O suspeito permanece preso na carceragem temporária da 15ª Subdivisão Policial, onde está a disposição da Justiça. Ele responderá pelo crime de tráfico de drogas. As investigações seguem para identificar e localizar os demais integrantes desse esquema criminoso.