Paraná completou nove jogos sem vencer. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

O Paraná se complicou ainda mais no Campeonato Brasileiro ao empatar com a Chapecoense em 1 a 1, na Vila Capanema. O Tricolor vencia até os 41 minutos do segundo tempo, mas sofreu o gol de empate em cobrança de falta. Após a partida, a torcida protestou, principalmente, contra o executivo de futebol Rodrigo Pastana.

Com o novo tropeço, o Paraná completou nove jogos sem vencer na Série A e está com apenas 16 pontos. A diferença para a Chapecoense, penúltima colocada, é de seis pontos, e para o Vasco, primeiro time fora da zona de rebaixamento, é de oito pontos.

O jogo

Os dois times erraram muitos passes na primeira metade de inicial e a primeira chance de gol foi apenas aos 20 minutos. Canteros cobrou a falta para o meio da área, Elicarlos subiu mais que toda a defesa paranista e cabeceou pela linha de fundo.

O Tricolor cresceu na partida e quase abriu o placar com Júnior, de cabeça, mas Eduardo cortou em cima da linha. Na sequência, Igor também teve a oportunidade de marcar após falha do goleiro Jandrei, porém, Rafael Thyere tirou de praticamente de dentro do gol.

De tanto insistir, o time paranista conseguiu tirar o zero do placar. Após cobrança de escanteio, Leandro Vilela desviou para a segunda trave e Rafael Grampola empurrou para o fundo das redes. Os jogadores da Chapecoense reclamaram muito com a arbitragem de empurrão de Vilela em Elicarlos, mas o árbitro confirmou o gol.

Já no segundo tempo, o Paraná quase ampliou a vantagem. Igor arriscou chute forte de fora da área e Jandrei tirou com a ponta dos dedos. A Chapecoense respondeu com Marquinhos, mas Richard saiu com muita coragem do gol e evitou o gol de empate.

Se Richard salvou na primeira chance, ele não pôde fazer nada na cobrança de falta de Diego Torres. O argentino cobrou com muita categoria e deixou tudo igual. Após sofrer o empate, o Tricolor quase marcou um golaço com Jesiel, porém, a bola passou muito perto do travessão.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X1 CHAPECOENSE

Local: Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data: Quarta-feira, 05 de setembro de 2018.
Horário: 21h.
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ).
Assistente: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Cardozo de Souza (RJ).

Paraná: Richard; Júnior, Renê Santos (Jesiel), Rayan e Igor; Alex Santana, Leandro Vilela, Caio Henrique e Nadson (Maicosuel); Carlos (Deivid) e Rafael Grampola.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Chapecoense: Jandrei; Edaurdo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Roberto; Elicarlos, Márcio Araújo (Diego Torres), Canteros e Doffo (Capixaba); Victor Andrade (Marquinhos) e Bruno Silva.
Técnico: Guto Ferreira.

Cartões amarelos: Bruno Silva e Elicarlos (CHA); Rayan (PRC).
Gols: Rafael Grampola (PRC), aos 38′ do primeiro tempo, e Diego Torres (CHA), aos 41′ do segundo tempo.