Seguindo a ideia que foi colocada em prática este ano com a realização da Copa do Nordeste, os dirigentes dos clubes de Curitiba já se reuniram para a discussão da volta da Copa Sul-Minas, realizada entre 2000 e 2002. E nesta terça-feira (9), à Rádio Banda B, o presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, confirmou o interesse e apoio do clube alviverde no retorno do torneio regional.

“O Coritiba é extremamente favorável. É um campeonato que já foi realizado anteriormente e é uma excelente possibilidade para os clubes terem um bom calendário no primeiro semestre”, declarou o dirigente coxa-branca, que participou de uma reunião com os presidentes de Atlético, J.Malucelli e Paraná no final da última semana para tratar do assunto.

De acordo com VRA, a volta da Sul-Minas é facilitada pelo fato da CBF ter aberto um precedente com a disputa da Copa do Nordeste no início deste ano. Um problema que poderia impedir a realização do torneio, no entanto, é o interesse de alguma emissora de televisão em transmiti-lopara torná-lo viável financeiramente- uma emissora teria sido procurada e dito não ao projeto.

Mas segundo o presidente coritibano, isso não é um empecilho, afirmando que a realização da Sul-Minas depende apenas do interesse dos clubes envolvidos. “Os clubes vão se reunir e vamos tentar resolver a situação. Se por razões comerciais não for possível, são os clubes que vão decidir (se terá a Sul-Minas)”, argumentou Vilson Ribeiro de Andrade.

A Copa seguiria a mesma linha das três edições realizadas no início dos anos 2000, vencidas todas por clubes mineiros: América e Cruzeiro (duas vezes). Os representantes paranaenses na “nova Sul-Minas” seriam, a princípio, Atlético, Coritiba, Paraná Clube e J.Malucelli.