O Grêmio anunciou, na noite da última quarta-feira (15), que mandará dois jogos da Libertadores no Couto Pereira. Os confrontos são contra o The Strongest, da Bolívia, no dia 29 de maio, uma quarta-feira, e Estudiantes, da Argentina, no dia 8 de junho, um sábado.

As conversas entre o time gaúcho e o Coritiba já tinham começado no meio de semana e a oferta do Coxa agradou a diretoria do Grêmio, que, por determinação da Conmebol, precisaria mandar seus jogos em um estádio que ficasse a até 150km de distância de um aeroporto internacional em funcionamento.

Com isso, 20 anos depois, o Couto Pereira voltará a receber um jogo de Libertadores. A última vez havia sido em 2004, quando o Coritiba disputou a competição. Na ocasião, o Alviverde foi eliminado ainda na fase de grupos, mas, jogando em casa, não perdeu, somando duas vitórias e um empate.

Grêmio volta aos treinamentos

Nesta quinta-feira (16), a delegação do Grêmio viaja para Florianópolis e, de lá, embarca para São Paulo, onde até o próximo dia 26 realizará treinamentos no CT do Corinthians.

Todas as medidas têm como foco obter a melhor condição técnica possível para disputar as partidas da Libertadores e conquistar a classificação para a fase eliminatória, fato que sempre foi a prioridade e vai, entre outras coisas, ajudar o Grêmio na sequência do trabalho de reconstrução das suas estruturas danificadas pela enchente e no auxílio aos colaboradores atingidos diretamente por esse trágico evento climático”, diz parte da nota do tricolor gaúcho.

Estádio Couto Pereira, que será a casa do Grêmio na Libertadores
Couto Pereira voltará a receber um jogo de Libertadores após 20 anos. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Grêmio confirma que mandará dois jogos da Libertadores no Couto Pereira

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.