Matheus Costa lamentou empate com a Ponte Preta (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Matheus Costa lamentou os dois pontos perdidos nos minutos finais, no empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, na noite desta quarta-feira (25), na Vila Capanema. Segundo o treinador, o desempenho da equipe o deixou satisfeito, mas o resultado foi frustrante pelas circunstâncias da partida.

“Temos que avaliar de duas maneiras. De forma racional e passional. Como treinador, avaliando de maneira racional, eu saio contente pelo desempenho que tivemos. Aquilo que propomos durante a semana de treinamento, nós conseguimos efetivar no jogo. Agora, a passionalidade conta e eu saio extremamente frustrado, pois deixamos escapar a vitória por 30 segundos”, comentou Matheus Costa em entrevista coletiva.

O treinador ainda destacou a atuação da equipe, que dominou a Ponte Preta durante praticamente todo o jogo e sofreu apenas três sustos. “Acredito que empenho não faltou no jogo. Criamos oportunidades, tivemos chances de gol. Foi praticamente um jogo de ataque contra defesa, mas mais uma vez não conseguimos vencer o jogo. Em uma irresponsabilidade coletiva, nós deixamos uma situação de contra-ataque faltando 30 segundos para acabar o jogo e infelizmente a vitória não veio”, disse.

Matheus Costa negou preocupação quanto à permanência no cargo e destacou a força do ambiente do Paraná. “O clube internamente está muito fortalecido. Nós sabemos do nosso trabalho, buscamos o resultado no dia a dia. Obviamente todos nós estamos trabalhando para buscar evolução. Ficou nítido o rendimento que tivemos, mas infelizmente não foi traduzido em vitória. É seguir o nosso trabalho e focar no jogo em Barueri para encurtar a distância para o quarto colocado”, finalizou.

Confira a entrevista coletiva do técnico Matheus Costa:

Matheus Costa em coletiva após mais um empate na Vila

Posted by Esporte Banda B on Wednesday, September 25, 2019