Bárbara Domingos ganhou a medalha de prata no Pan 2019. (Hector Vivas/Lima 2019)

A curitibana Bárbara Domingos conquistou a medalha de prata na prova da fita da ginástica rítmica dos Jogos Pan-Americanos, que acontecem em Lima, no Peru. A ginasta de 19 anos terminou em segundo lugar, com 17.450 pontos, e só não ficou a frente da americana Evita Griskenas, com 17.950. O pódio foi completado pela mexicana Karla Diaz, com 16.200.

Bárbara Domingos encerrou em grande estilo a sua primeira participação nos Jogos Pan-Americanos. No individual geral, a curitibana terminou em quarto lugar e só ficou de fora do pódio pelos critérios de desempate. Ela ainda acabou em quarto lugar na bola e quinto no arco e nas maças. Já a medalha de prata veio justamente em sua melhor prova.

“Estava sentindo que a medalha iria vir. Botei na cabeça que iria conseguir e entrei muito leve. Foi um pouco difícil, porque eu fui a última a se apresentar. Entrei um pouco pressionada. Não sabia como estavam os resultados. Falei: “Independente de medalha, dê sua vida”. Foi o que fiz. Dei minha vida, e a medalha veio”, comemorou Bárbara, em entrevista ao Sportv.

A conquista da curitibana ainda foi a primeira medalha do Brasil na fita em Jogos Pan-Americanos e a segunda prata em uma prova individual. A outra foi com Angélica Kvieczinski, que foi vice-campeã na prova das maças no Pan de Guadalajara, em 2011.