A mulher que foi brutalmente agredida pelo marido no bairro São Francisco, em Curitiba, não resistiu aos ferimentos e morreu na última quarta-feira (22) no Hospital Evangélico, também na capital, onde estava internada. Ela tinha 41 anos e trabalhava como auxiliar administrativo. O agressor, de 39 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) no dia dos fatos, 20 de dezembro.

Foto: Marcelo Borges – Banda B

Em entrevista à Banda B, a delegada Vanessa Alice, da Delegacia da Mulher, revelou que no interrogatório o marido disse ter descoberto traições e “surtou”.

“Não há fator que justifique uma agressão física, quanto mais nessa gravidade. Ele quase tirou a vida da mãe do filho dele. No interrogatório, ele disse que descobriu traições e surtou, mas não consigo ver outra opção a não ser o sentimento de posse sobre ela”, afirmou a delegada.

O crime aconteceu em um apartamento localizado na Rua Senador Xavier da Silva. Segundo a Polícia Militar (PM), as agressões aconteceram na frente do filho do casal, de 11 anos.

Após as agressões, a vítima chegou a ficar inconsciente e perder sinais vitais, mas acabou reanimada graças ao trabalho de quatro policiais militares.

Segundo a Delegacia da Mulher, o agressor será indiciado por feminicídio tentado.

O sepultamento da mulher deve acontecer nesta quarta-feira (29), no Cemitério Cidade de Bauru.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Morre mulher que foi brutalmente agredida pelo marido na frente do filho no São Francisco

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.