A Secretaria da Saúde do Paraná informou, no início da noite deste sábado (04), que recebeu 187.800 doses da Coronavac e que o outro lote (202108112H), com 338.200 doses do mesmo imunizante (em parceria com a farmacêutica Sinovac), que estava previsto para chegar ao Estado, vai retornar para São Paulo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a verificação da carga em razão da mudança no processo fabril do imunizante no Instituto Butantan.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Da mesma forma, o Paraná já havia recebido um lote (L 202106038) de 3.200 doses da Coronavac pelo Ministério da Saúde, que também foram envasadas neste mesmo procedimento pelo Butantan, e que foram descentralizadas para as Regionais de Saúde nos dias 28 de julho e 13 de agosto.

“A Sesa aguarda orientações da Anvisa e do Ministério da Saúde, reforçando que não há motivo para alarmismo e que as vacinas fabricadas pelo Instituto Butantan são seguras e eficazes contra o coronavírus. O Paraná já aplicou mais de 11 milhões de doses, de quatro imunizantes diferentes, e segue firme da campanha de vacinação”, conclui o comunicado.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Lote com 338.200 doses da Coronavac que viriam ao Paraná voltam para São Paulo após determinação da Anvisa

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.