A segunda apresentação do espetáculo “Madalenas”, do Coletivo Erótica, acontecerá neste sábado (15), no teatro Guairinha, em Curitiba. A primeira apresentação, realizada em maio, foi sucesso de público e lotou o teatro Paulo Autran. O grupo curitibano conta com 15 dançarinos e segue a estética Heels de dança, em que os integrantes utilizam saltos durante os movimentos.

espetaculo madalenas
Divulgação

De acordo com o diretor e coreógrafo, Matheus Margueritte, o Coletivo é um ambiente que vai além das aulas de dança, onde busca compreender as histórias de cada dançarino, aproximando a arte da vida.

“É uma rede de fortalecimento e, sobretudo, de representatividade. Nossos corpos nem sempre são bem interpretados na sociedade – quantas histórias de abusos, violências e discriminação já não compartilhamos por aqui – mas, nesta dança específica, reivindicamos nossas vontades, desejos e prazeres”, destacou Margueritte.

Para a dançarina, Caroline Martins, o interesse em participar surgiu no período da pandemia mundial de COVID-19.

“Foi um momento de me reconectar com a dança e o Heels me colocou em lugares importantes e que eu não esperava como o empoderamento feminino, a aceitação do corpo e da liberdade, a reconexão com a sensualidade e libido, que são tão amordaçadas nas mulheres pela sociedade. Às vezes a gente nem sabe que é tão reprimida”, explicou Martins.

Madalenas é a segunda obra do Coletivo Erótica, que estreou nos palcos em 2023, reunindo um público de mais de 500 pessoas. A obra faz uma alusão à personagem bíblica de mesmo nome, que é envolta por histórias e lendas.

“Madalenas mergulha em águas mais profundas: de onde vem essa repressão que nos cerca? A quem interessa a nossa sexualidade? Tudo isso vem muito das vivências que as mulheres do grupo, cis ou trans, compartilham. Queremos cada vez mais criar fissuras em pensamentos sexistas, misóginos, LGBTfóbicos e por aí vai”, enfatizou o diretor. Os ingressos para a apresentação do dia 15 de junho estão disponíveis no Disk Ingressos.

E para participar do grupo, os interessados devem realizar as audições públicas, divulgadas no Instagram @coletivoerotica. Caroline, que faz parte do projeto desde o início, afirma que a experiência das aulas estimula o empoderamento.

“O Heels é um lugar de sensualidade e poder. É um lugar de ‘eu também posso’, e eu tento me colocar nesse lugar todos os dias”, finalizou Martins.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Espetáculo de dança “Madalenas” acontece neste final de semana em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.