O técnico de enfermagem Jair Dionizio dos Santos, de 52 anos, é o terceiro profissional da saúde a morrer pelo coronavírus em Curitiba e região. Ele não tinha comorbidades e ficou 15 dias internado no Hospital Vita Batel, onde acabou morrendo na última sexta-feira (3).

Sem comorbidades, Jair morreu aos 52 anos (Foto: Divulgação)

 

Jair trabalhava no Vita e também no Hospital de Clínicas. Em seu site oficial, o Sismec (Sindicato dos Servidores Municipais de Enfermagem de Curitiba) lamentou a morte do profissional.

“É com grande pesar e consternação que a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Enfermagem de Curitiba lamenta a morte do Jair Dionizio dos Santos, vítima de covid19. Ele não tinha doenças pré-existentes. Manifestamos nossos sentimentos aos familiares e amigos e pedimos que Deus conforte o coração de todos”, diz a postagem.

Terceira morte

A morte de Jair é a terceira de um profissional da saúde em Curitiba. A primeira a morrer, no fim de abril, foi a técnica de enfermagem Valdirene Aparecida Ferreira dos Santos, de 39 anos, que trabalhava no Hospital Marcelino Champagnat. O segundo óbito, na segunda metade de junho, foi do médico Caio Martins Guedes, de 33, que era residente de ortopedia no Hospital Angelina Caron e também plantonista em Bocaiúva do Sul.