Amigos e familiares prestam as últimas homenagens nas redes sociais para a jovem Jhenilane Rocha da Silva Dias, de 29 anos, vítima da covid-19. Ela estava internada desde setembro na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico Mackenzie e acabou morrendo nesta terça-feira (6). (Para saber mais sobre as vítimas da covid-19 em Curitiba e região acesse o Memorial à vítimas criado pela Banda B)

Aos 29 anos, Jhenilane morreu por complicações da covid-19 (Foto: Facebook)

 

Uma tia de Jhenilane postou a seguinte mensagem: “Hoje o dia terminou de um jeito muito triste e doloroso. Minha sobrinha foi mais uma vítima do covid. Jovem ,bonita ,cheia de sonhos, com um sorriso contagiante e um coração que não cabe no peito de tanta generosidade”, afirmou.

Uma amiga disse não acreditar na perda precoce. “Nossa ainda não caiu a ficha. Uma menina maravilhosa, cheia de vida pela frente, amiga de infância. Parecia que era ontem que você ia lá em casa fazer o cabelo. Não sei como pode ter acontecido isso com você. Ainda não estou acreditando“, lamentou.

A jovem trabalhava como auxiliar administrativa. Último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba aponta 1335 mortes pela covid-19 com 45.705 casos da doença.