Um homem passou momentos de pânico após ajudar uma mulher que havia sofrido assédio, na estação do Metrô da Praça do Relógio, em Taguatinga, na tarde de sexta-feira (18/12). O programador Jair Aksin Reis Canhête, 25 anos, seguia para casa quando percebeu um homem, supostamente, passando a mão pelo corpo de uma jovem. Ele abordou o autor do assédio que reagiu sacando uma pistola e o atacando. O autor da agressão se identificou como militar do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF).

 

Foto: Reprodução

 

Jair registrou ocorrência na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) e contou detalhes do ocorrido em depoimento. Segundo ele, a mulher estava parada na sua frente falando ao telefone, em uma fila para comprar o bilhete do Metrô. “Logo em seguida esse homem apareceu e passou a mão pelas costas da moça. Ela não teve reação, ficou em choque. O homem apenas riu”, contou.