Conhecido pelas Helenas de suas novelas, o autor Manoel Carlos, 91, explicou o motivo de nunca ter dado o papel de protagonista à atriz Lilia Cabral, 66.

lilia-cabral-manoel-carlos-redes-sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na série documental ‘Tributos’, do Globoplay, Manoel contou o motivo da decisão. “Porque eu nunca encontrei ninguém que fizesse tão bem a antagonista da Helena. Então, quando eu faço uma sinopse, eu digo: ‘qual é o papel mais difícil da novela?’ Esse aí eu dou para a Lilia”.

Na série, Maneco também é reverenciado por Tony Ramos, que esteve em Baila Comigo (1981), Felicidade (1991), Laços de Família (2000) e Mulheres Apaixonadas (2003). “Antes de qualquer coisa, Manoel Carlos é um grande ser humano. Um exímio observador da natureza humana e daquilo que nos rodeia”, disse Tony.

‘Tributo’ é uma série original Globoplay com redação de Isadora Wilkinson e Lalo Homrich, direção artística de Antonia Prado, direção de Matheus Malafaia e direção de gênero de Mariano Boni.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Manoel Carlos conta motivo de não ter dado uma ‘Helena’ para Lilia Cabral

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.