Prestes a ganhar mais três horas no ar por causa da saída de Eliana do SBT, o Domingo Legal vai retomar um dos quadros clássicos do programa nos anos 2000, quando ainda era apresentado por Gugu Liberato (1959-2019).

Chamado de Devo Não Nego, Pago se Puder, ele consistia em exibir os esforços de alguém com vultosas dívidas realizando provas para ganhar um prêmio em dinheiro que zerava seus problemas financeiros. As provas costumavam ter três etapas.

O quadro fez sucesso entre 2006 e 2008 no Domingo Legal. Um dos seus momentos mais populares foi quando o elenco do humorístico Pânico na TV gravou participação para angariar doações para o Retiro dos Artistas, em 2007.

celso-portiolli
Foto: João Raposo/SBT

O SBT abriu inscrições para o quadro em seu site. “Está devendo dinheiro e não consegue pagar? O Domingo Legal vai te dar a chance de quitar essa dívida. É só se inscrever no quadro e contar para a gente a sua história. Não esqueça de escrever quanto você está devendo!”, diz o formulário de inscrição.

A partir do dia 29, o Domingo Legal com Celso Portiolli passará a ter seis horas no ar, com duração entre 11h15 e 18h15. O programa terá parte de seu conteúdo exibido ao vivo e outra gravada.

A atração também vai herdar quadros que eram de Eliana até bem pouco tempo, como o Minha Mulher Que Manda, um formato negociado pelo SBT e que é sucesso junto ao mercado publicitário desde que foi lançado, em 2017.

Atualmente, o Domingo Legal é um dos poucos programas do SBT que briga pela liderança de audiência com a Globo, especialmente entre 14h e 15h30, quando Portiolli bate de frente com o Domingão com Luciano Huck, exibido pela concorrente.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

SBT retorna com quadro de Gugu que pagava dívidas do público no Domingo Legal

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.