A Globo engavetou uma sinopse inédita deixada pelo autor Aguinaldo Silva antes de o novelista deixar a emissora, no início de 2020. A trama era avaliada para o horário das nove.

A história tinha o nome provisório de “Três Graças”. A produção tinha o objetivo de contar a história de uma família que mora em um bairro pobre do Rio de Janeiro, e é formada por avó, mãe e neta.

As três tinham uma realidade dura em comum: todas engravidaram na adolescência e tiveram que criar os filhos sozinhas, sem a ajuda dos seus companheiros ou namorados.

AGUINALDO SILVA
Aguinaldo Silva: Globo engaveta sinopse de novela inédita deixada por autor antes de sua saída – Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo

A Globo avaliou a sinopse entregue por Aguinaldo um bom tempo atrás para estudar possibilidades de produções inéditas.

O projeto era até elogiado, considerado “atual” na realidade brasileira. No entanto, a ideia de produzir o folhetim foi descartada por opção da direção de dramaturgia da Globo.

Qualquer autor, inclusive Aguinaldo Silva, entrega diversas sinopses para sua empregadora enquanto está contratado. Mesmo que saia, essas histórias ficam sob posse da Globo, que pode avaliar uma produção posteriormente.

É o caso, por exemplo, de “Alto Astral”, novela das sete de 2014. A história foi criada pela autora Andrea Maltarolli, que morreu em 2009, mas foi ao ar escrita por Daniel Ortiz.

Aguinaldo Silva está fora da televisão desde que saiu da Globo. Sua última novela foi “O Sétimo Guardião” (2018), considerada uma das piores produções do horário das nove em todos os tempos. Na emissora, fez sucessos como “Senhora do Destino” (2004) e “Fina Estampa” (2011).

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Globo desiste de produzir novela inédita deixada por Aguinaldo Silva

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.