O personagem Gerson, interpretado por Marcello Antony em “Passione”, não é gay nem pedófilo, disse Silvio de Abreu à “Folha de S. Paulo”.

“Tudo o que estão falando sobre o Gerson é especulação. Ele tem um segredo ligado ao computador mas não é pedófilo, nem gay, nem estéril, como andou saindo por aí (na imprensa)”, afirmou Silvio.

Na novela, Antony aparece trancando a porta do quarto para acessar o computador, deixando a personagem de Carolina Dieckmann sozinha na lua-de-mel. Também disse à esposa que não queria ter filhos de jeito nenhum. Em outra cena, Gerson aparece entregando uma bola à uma menininha e passando a mão em sua cabeça, com uma expressão que poderia significar qualquer coisa, segundo o jornal.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Marcello Antony não é pedófilo nem gay em novela, diz autor a jornal

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.