Fã de programas de humor, Tom Brady foi o recente convidado em um humorístico da Netflix que repercutiu nas redes sociais pelas piadas sobre a separação dele e de Gisele Bündchen. A experiência, no entanto, não vai ocorrer de novo, se depender dele.

O ex-jogador de futebol americano admitiu que os comentários feitos sobre a top model e o divórcio afetaram os filhos do ex-casal. “Eu gostava quando as piadas eram sobre mim, achava muito divertidas. Não gostei da maneira como elas afetaram meus filhos”, disse ele em entrevista ao podcast The Pivot.

Gisele-Bündchen-tom-brady
Foto: Reprodução

Brady ainda definiu a participação no “The Roast” (Netflix) como agridoce porque achou que seria de uma maneira que se revelou de outra, respingando em sua família.

Um dos comentários feitos foi sobre o namoro da modelo com um treinador de jiu-jítsu. “Ela transou com aquele cara do caratê. oito aulas por dia e ela ainda é faixa branca?”, disse Kevin Hart, apresentador da noite. Sites internacionais repercutiram que a brasileira teria ficado chateada e decepcionada com o conteúdo.

“Não faria de novo, às vezes você é ingênuo. Adoro quando as pessoas zombam de mim. Eu sempre assisto a três tipo de programação: futebol, golfe e comédia. Eu só quero rir. Mas você não vê o quadro completo o tempo todo [quando assiste na televisão]”, disse o americano.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Tom Brady admite que piadas sobre divórcio de Bündchen em programa afetaram filhos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.