Os shows de Taylor Swift provocaram atividade sísmica em Lisboa, em Portugal, na última sexta-feira (24) e no sábado (25).

Fãs de Taylor se mobilizaram nas redes para tentar derrubar as publicações e os perfis que as compartilham - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Investigadores e estações informaram à imprensa de Portugal que a capital portuguesa registrou tremores. A sismóloga e professora na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), Susana Custódio, disse ao jornal Público que a atividade foi sentida em boa parte da cidade, como em uma estação que fica a cerca de seis quilômetros do Estádio da Luz, onde Taylor realizou os dois shows.

Segundo a publicação portuguesa, o abalo foi mais sentido no sábado passado (25). Durante a performance de “Shake it Off”, houve o registro de magnitude de 0,82 na escala de Richter. Em outras músicas da cantora, os especialistas também registraram tremores.

Confira a lista das demais músicas que causaram abalo. “You belong with me” atingiu 0,80, em “Love Story” teve a marcação de 0,72 e, por fim, em “We Are Never Ever Getting Back Together”, com 0,61. O jornal Expresso informou que nove estações sísmicas de Lisboa registraram alterações.

Cantora já provocou abalos em outras cidades. Não é a primeira vez que uma apresentação da artista gera atividade sísmica. No ano passado, abalos semelhantes a um terremoto de magnitude 2,3 foram registrados em Seattle, nos Estados Unidos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Taylor Swift ‘provoca’ atividade sísmica em Lisboa durante show

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.