Os rumores sobre um eventual show de Madonna na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, que seria realizado no dia 4 de maio, provocaram uma inflação repentina nos valores das hospedagens no bairro carioca.

Ainda não há confirmação oficial sobre a presença da cantora no Brasil, mas segundo o fã-clube Madonna Online, a rainha do pop está preparando uma apresentação para o primeiro fim de semana de maio, que seria gratuita e realizada aos moldes do show dos Rolling Stones em 2006. “Madonna escolheu o Brasil para dar essa surpresa aos melhores fãs do mundo”, escreveu o perfil numa postagem no Instagram.

madonna
Reprodução Redes Sociais

Um bom exemplo da disparada de preços é o hotel Royal Rio Palace, um quatro estrelas que fica a 500 metros do Copacabana Palace, onde a cantora supostamente ficará hospedada. Em dias normais, uma diária por lá varia entre R$ 430 e R$ 700. Mas para o sábado, 4 de maio, o quarto mais barato disponível já custa R$ 1.600. Quem quiser fazer o check-in já na sexta (3) também paga mais caro: nesta data, a diária mais em conta sai por R$ 811.

Do outro lado da praia de Copacabana, próximo ao posto 6, o Selina (eleito como um dos melhores locais do país segundo a lista “100 Hotéis Incríveis do Brasil”, da Folha de S.Paulo) também aumentou os preços. Com diárias que normalmente vão de R$ 336 a R$ 420, o hotel já cobra R$ 1.300 pela diária da sexta, 3 de maio, e R$ 1.500 pela diária do sábado, dia 4 de maio. No domingo, o valor volta ao patamar normal: R$ 395.

As pesquisas de preços foi feita pela reportagem no site da Booking.com e valem para dois adultos. Mesmo com a alta dos preços, boa parte dos hotéis em Copacabana já estão esgotados.

Por outro lado, pelo menos por enquanto, essa inflação está restrita aos hotéis de Copacabana. No Hotel Nacional, que fica a 600 metros do metrô São Conrado e a 25 minutos de metrô de Copacabana, todas as diárias partem de R$ 872, inclusive no final de semana de 4 de maio.

Há opções de quartos que hospedam até quatro pessoas por R$ 1.026 a diária -o que dá pouco mais de R$ 250 por noite/hóspede. De metrô, é possível ir do hotel, também entre os 100 incríveis do Brasil, até as imediações do possível show em apenas 25 minutos.

Na unidade da Lapa, o Selina não aumento os preços significativamente -pelo menos por enquanto. Por lá, onde as diárias normalmente custam R$ 374, os quartos mais baratas para o final de semana de 3 a 5 de maio ainda custam R$ 444. A viagem de metrô entre o hotel e Copacabana dura cerca de 15 minutos.

Procurado pela reportagem, a Booking.com informou que, para o período entre 03 e 05 de maio, o Rio de Janeiro já é o destino doméstico mais buscado por viajantes brasileiros na plataforma, e o segundo destino latino-americano mais buscado por viajantes globais -ficando atrás somente de Cancún. O Rio é também a quinta cidade mais buscada por viajantes globais nas Américas -atrás de Nova York, Las Vegas, Orlando e Cancún.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Suposto show Madonna em Copacabana faz preços de hotéis dispararem no Rio

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.