Em entrevista a Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso no Surubaum, Preta Gil contou de uma paixão nunca correspondida que teve por Ana Carolina.

As duas cantoras eram amigas e, apesar do interesse de Preta, o relacionamento nunca passou disso. Preta participou do podcast de sexo ao lado de Gominho, de quem é amiga de longa data.

“Me apaixonei perdidamente por ela, a gente vivia muito na Guanabara, a gente ficava ali noites e noites. Ela fez a música para mim, para eu gravar, mas a inspiração dela também foi um pouco a nossa relação que era platônica. Eu era muito afim dela, ela gostava muito de mim também, mas ela não queria sexo comigo”, relatou Preta.

preta-gil-ana-carolina
Foto: Reprodução

A canção a que ela se referiu é “Sinais de Fogo”, escrita por Ana Carolina, com o famoso refrão “Foi atrás de mim na Guanabara”.

“Ela alimentava uma coisa sedutora para que eu ficasse ali. Eu era apaixonada, mas na ‘hora H’, nada rolava”, entregou a cantora. “Nunca ficamos, nunca dei um beijo nela. Não era para ser.”

Ainda no podcast, Preta revelou que está tentando desconstruir o pensamento monogâmico. “As pessoas olham para mim e acham que eu sou porra-louca, mas sou uma mulher careta. Estou tentando pegar essa energia do Gominho, da Bela [Gil] para tentar desconstruir isso, acho que vai ser bom para mim”, disse.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Preta Gil revela que teve paixão platônica por Ana Carolina

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.