MC Guimê, que está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro em um inquérito que investiga a importunação sexual que Dania Mendez sofreu na casa do BBB 23, prestou depoimento na Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) no início da tarde desta segunda-feira (20).

Quando chegou ao local, ele disse que “estava com o coração tranquilo, na medida do possível”. Acompanhado de seus advogados e de dois seguranças, na saída Guimê afirmou que está passando por uma “grande pressão” desde a expulsão, na quinta-feira (16).

Foto: Reprodução

“Agora é seguir. É uma grande pressão, mas fé em Deus”, falou. O cantor ainda disse que ele e Lexa “estão buscando o perdão por cima dos fatos.”

Ele e Sapato praticaram o crime contra a mexicana Dania Mendez, durante uma festa do programa na semana passada. O crime está previsto na lei 13.718 e classifica como criminoso qualquer ato forçado para satisfazer o desejo do agressor. Toques como abraço, beijo ou uma apalpada maliciosa sem o consentimento da outra parte são alguns exemplos de importunação sexual.

Após ser expulso do programa, o funkeiro postou um vídeo nas redes sociais e pediu desculpas pelo que fez. “Estou de coração partido, ainda processando tudo, são muitas informações. Estou muito chateado pelo momento, vocês poderão ver minhas palavras e irei contar sobre tudo isso e reconhecer minhas falhas. Tenho coração humilde e aberto para reconhecer, sei que errei”, disse ele.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

MC Guimê presta depoimento e diz que está com o coração tranquilo ‘na medida do possível’

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.