A Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu o inquérito que investigava o cantor MC Guimê e o lutador Cara de Sapato pelo crime de importunação sexual ocorrido no BBB 23 (Globo). Os ex-participantes do reality foram indicados, e o inquérito policial foi enviado para o Ministério Público, que deverá avaliar se denunciará ou não a dupla à Justiça.

MC Guimê e Cara de Sapato passaram a ser investigados pelo crime quando foram expulsos do programa, em 16 de março. As investigações consideraram as importunações causadas a Dania Mendez — mexicana que participou do programa — durante uma festa.

MC Guimê e Cara de Sapato foram expulsos do BBB 23 após importunarem sexualmente a mexicana Dania Mendez – Foto: Divulgação/TV Globo

“A Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá instaurou inquérito para apurar o crime de importunação sexual. Diligências estão em andamento para apurar a conduta dos envolvidos”, informou a Polícia Civil do RJ no dia em que o inquérito foi aberto.

A Polícia Civil analisou imagens do BBB 23 e ouviu os três envolvidos antes da conclusão das investigações. O indiciamento foi confirmado à Banda B pela Polícia Civil do RJ.

Ao chegar na delegacia para prestar depoimento, no dia 20 de março, MC Guimê disse que “estava com o coração tranquilo, na medida do possível”.

Aprovada em 2018, a lei nº 13.718 classifica como criminoso qualquer ato forçado para satisfazer o desejo do agressor. Toques como abraço, beijo ou uma apalpada maliciosa sem o consentimento da outra parte são alguns exemplos de importunação sexual.

Procurado, o advogado José Estevam Macedo Lima disse que, para o indiciamento, se faz necessária a reunião de elementos mínimos de uma suposta autoria de um crime.

“Nesse caso, o inquérito policial não possui qualquer elemento que permita o indiciamento do MC Guimê pela notória falta de suporte probatório mínimo e, sobretudo, pela atipicidade da conduta oriunda da ausência do elemento do tipo penal exigido no artigo 215 – A do Código Penal”.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

MC Guimê e Cara de Sapato são indiciados por importunação sexual

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.