Igor Rickli, marido de Aline Wirley, confinada no BBB 23, prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática na tarde desta terça-feira (19). O ator esteve como representante do seu filho Antônio, 8, para relatar ameaças através feitas nas redes sociais.

Segundo a assessoria de Rickli, foi feito um Registro de Ocorrência por crimes de ameaça e, com isso, inaugurada uma investigação. O objetivo é apurar a autoria dos crimes.

Foto: Reprodução

“O delegado solicitará ao Judiciário o acesso aos dados da conta registrada na plataforma vinculada ao perfil, para que seja possível a identificação do responsável pelas postagens criminosas. Uma vez identificado, o autor será intimado a prestar depoimento na delegacia e responsabilizado por seus atos. O Twitter também será notificado para fornecer os dados da conta. O delegado também poderá solicitar a exclusão da conta da plataforma”, disse o comunicado enviado à reportagem.

A assessoria ainda diz que o artista não aceitará ameaças e ofensas em relação a sua família e, sempre que for necessário, procurará a Justiça para defendê-la.

A reportagem tentou contato com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, mas não recebeu resposta até o momento da publicação.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Igor Rickli presta queixa após receber ameaças contra Aline Wirley e família

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.