Madonna está sendo processada por um homem que diz ter sido pego de surpresa em relação ao conteúdo do show da “Celebration Tour”, que passou pelo Rio de Janeiro. Segundo o site americano The Blast, a ação alega publicidade enganosa e exposição indesejada a conteúdo sexual.

Os shows de Madonna contém simulações de masturbação, sexo oral e referência aos BDSM (Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo), algo que os fãs já sabem e que não é novidade na carreira de 40 anos da artista. Mas o homem alegou, em ação coletiva com indivíduos da Califórnia, que não era o que ele esperava, dizendo que foi exposto a “pornografia sem aviso prévio” e que a cantora deveria ter avisado antes sobre o conteúdo antes de as pessoas gastarem seu dinheiro.

madonna
Foto: Reprodução

Dentre as reclamações, o homem também aponta que o show começou mais de uma hora e meia atrasado, que Madonna estava dublando em partes do show, e que ela teria desligado ar condicionado, o que deixou o ambiente quente demais para o público. Ele alega que a artista ignorou as reclamações e disse para as pessoas se despirem.

“Obrigar os consumidores a esperar horas em arenas quentes e desconfortáveis e sujeitá-los à pornografia sem aviso prévio demonstra o desrespeito leviano de Madonna por seus fãs”, afirma no processo.

A ação, que também cita a Live Nation e outras organizações envolvidas na “Celebration Tour”, pede reembolso pelos ingressos e lucros que Madonna teve com os shows.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Fã processa Madonna por conteúdo sexual em ‘Celebration Tour’, diz site

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.