Acusado de beijar e apalpar sem consentimento uma mulher de 22 anos em 2017, o ator Oh Yeong-su, 79, o personagem 001 na saga “Round 6”, foi condenado por má conduta sexual pelo Tribunal Distrital de Suwon nesta sexta-feira (15). O ator deve recorrer.

O caso foi amplamente divulgado pela imprensa internacional e sobretudo pela coreana, como o Korea JoongAng Daily. Segundo a publicação, a pena é de oito meses, mas a prisão pode ser evitada se ele cumprir algumas exigências. Dentre elas, assistir 40 horas de aulas sobre violência sexual.

O ator Oh Yeong-su – Foto: Netflix

Em fevereiro do ano passado, o ator já havia reconhecido alguma culpa após seu indiciamento, em 2022. Segundo o Hollywood Reporter, a jornalistas da Coreia do Sul, ele disse: “Eu sinto muito, acho que me comportei mal”.

O veterano ator, vencedor do Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator Coadjuvante pela série da Netflix, não chegou a ser preso e negava até então as acusações.

A suposta vítima apresentou a denúncia contra ele em dezembro de 2021, mas o caso foi encerrado quatro meses depois sem uma acusação formal contra o ator. O Ministério Público de Suwon reabriu o caso a pedido da mulher.

Em entrevista à emissora coreana JTBC, Yeong-su explicou que apenas segurou a mão da mulher para guiar o caminho ao redor de um lago e que pediu desculpas. “Mas isso não significa que eu admito as acusações”, disse Yeong-su.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Ator de ‘Round 6’ é condenado por má conduta sexual

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.