Ana Hickmann e Alexandre Correa foram orientados pela Justiça a não expor o filho com o intuito de colocá-lo como fonte ou testemunha da denúncia da apresentadora de violência doméstica contra o empresário.

Após Alexandre Correa publicar vídeo em que a criança de 10 anos fala que “não houve agressão” contra a mãe, a apresentadora entrou com ação contra o ex-marido para impedi-lo de veicular conteúdos sobre ela. Ambos já se manifestaram, anteriormente, negando que o garoto tivesse presenciado a discussão que deu origem à denúncia de violência doméstica.

Dessa forma, a 1ª Vara Criminal da Comarca de Itu determinou, segundo documento obtido por Splash, que o ex-casal está proibido de usar a imagem da criança para tratar do tema para “resguardar a segurança psicológica e emocional do menor”. “Determino que as partes se abstenham de expor a imagem do jovem, por meio de imagem, áudio ou vídeo, quando relacionado aos fatos tratados no presente processo, em qualquer rede social”.

ana-hickmann-e-alexandre-correa
Ana Hickmann e Alexandre Correa – Foto: Repriodução/Instagram

Na decisão, a juíza Andrea Ribeiro Borges também proibiu que Ana Hickmann e Alexandre Correa divulguem documentos referentes ao processo de violência doméstica.

“Se abstenham de publicar, expor ou compartilhar fotos, vídeos, comentários ou documentos referentes um ao outro, ou seja, à vítima, bem como ao suposto ofensor, em redes sociais ou em outros meios, relacionadas aos fatos apurados nestes autos e desde que injuriosas, caluniosas ou difamatórias, não estando, portanto, abrigadas nesta ordem expressões que não sejam tipificadas criminalmente”, escreveu a juíza Andrea Ribeiro Borges

O ex-casal está ciente que qualquer ação poderá ser considerada criminosa e deverá ser objeto de ação penal privada. O vídeo em que a criança fala que “não houve agressão” já foi excluído da página de Alexandre Correa no Instagram.

Em nota enviada à reportagem, a assessoria de Ana Hickmann repudiou o ato de Alexandre Correa expor o filho com a finalidade de desqualificar a denúncia de violência doméstica. “Réu por violência doméstica e por ferir o Estatuto da Criança e do Adolescente, Alexandre Correa expõe novamente o filho, de 10 anos, em condição vexatória e coercitiva em rede social. Em busca de manipular o episódio da agressão e prejudicar Ana Hickmann, agredida moral, física e financeiramente por ele; Alexandre submete a criança a constante humilhação pública”.

“A apresentadora segue protegendo e poupando o filho de ter acesso aos conteúdos constrangedores aos quais é submetido e lamenta a forma com que Alexandre Correa usa e manipula a criança em benefício próprio”, diz a nota.

À reportagem, a equipe de Alexandre Correa afirma que a decisão não o impedirá de se manifestar sobre o tema. “A determinação imposta não impede que ambos se manifestem em público. Poderão se manifestar desde que observadas regras de urbanidade”.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Ana Hickmann e ex são advertidos por juíza sobre exposição do filho em processo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.